Iveco a andar
Conduzir a “pequena” Iveco Daily 4×4 em todo terreno é uma daquelas experiências que todos deviam ter uma vez na vida. Superar obstáculos desde o “primeiro andar” é impressionante!…

TROCÁMOS COM ELISABETE JACINTO!

In Novidades, Testes by Alexandre CorreiaDeixe um comentário

Levamos uma vida cheia de privilégios. Além de fazermos o que gostamos mesmo, em “serviço” temos vivido experiências marcantes. Por exemplo, andámos algumas vezes ao lado de Elisabete Jacinto, no seu camião de corridas, e ganhámos-lhe ainda mais respeito. E fomos “navegador” de ocasião do russo Firdaus Kabirov, a bordo do Kamaz com que venceu o Rali Dakar, com quem rodámos num circuito de neve e gelo, naquela que foi mesmo uma viagem alucinante. Mas nunca tínhamos guiado um camião em todo terreno. Até que fomos conduzir a nova Iveco Daily 4×4. Não imaginam como foi uma jornada deliciosa…

Claro que tudo na vida começa por um princípio. E a continuidade deixa-nos, ou não, capacitados para ir cada vez mais longe. Dizemos isto para explicar que no início faz alguma confusão passar de um todo terreno normal, digamos assim, com cerca de 4,5 metros de comprimento, 1,6 de altura e 1,8 de largura para uma máquina que só em altura tem logo quase mais um metro e que em largura passa dos 2,2, além de que em comprimento total anda pelos seis metros, mal medidos.

O desafio que a Iveco nos colocou, para que experimentasse-mos a nova Daily 4×4, colocou-nos, antes de mais, outra condicionante. Pior do que nunca termos conduzido nada parecido, sobretudo em termos de dimensões, não temos sequer licença para conduzir pesados. Ou, usando uma terminologia mais de acordo com aquela que iríamos ouvir da policia, se tivéssemos sido apanhados na via pública, não estamos habilitados, porque a nossa carta de condução somente é válida para motos e veículos automóveis ligeiros. Quando confessámos à Iveco esta limitação, pensámos que era o ponto final da conversa. Mas não foi…

Tudo de resolveu da melhor forma. Se não podíamos conduzir na via pública, podíamos fazer o que quiséssemos numa via particular. Com a vantagem que nestas condições, nem sequer era necessário esperar que a unidade que dispunham para este ensaio fosse matriculada! Marcámos, pois, encontro para uma propriedade privada no Ribatejo, onde o que não faltavam eram quilómetros de pistas de terra, que não estão abertas ao trânsito, repetimos.

Nesta quinta, também não faltavam obstáculos naturais, excelentes para pôr à prova as capacidades “off-road” da Iveco Daily 4×4. Não vos vamos desde já contar tudo, porque reservamos a história completa para a próxima edição da revista Todo Terreno, que em breve estará de novo nas bancas. Mas podemos adiantar pelo menos uma coisa: ao fim de umas horas, o que nos custou mesmo foi largar o volante desta máquina italiana. Porque não imaginam como é fácil conduzi-la, mesmo nos piores caminhos e até nas circunstâncias mais exigentes. Deixa-nos com a sensação que não temos limites. E só nos desiludiu numa coisa: íamos preparados para “levar uma tareia” e, afinal, o conforto a bordo ultrapassa o de muitos SUVs. Nem que seja pelo facto de rivalizar em termos de equipamento, mas oferecer espaço de sobra…

Iveco de roda no ar

Cruzar os eixos sobre valas é “canja” com a Iveco Daily 4×4. Além da caixa de velocidades com quatro níveis de desmultiplicação, que resultam em 24 velocidades para a frente, dispomos de três bloqueios dos diferenciais. E se nem assim passamos, é porque avaliámos mal o obstáculo…

Texto: Alexandre Correia
Fotos: A/C Todo Terreno

Partilhe este artigo