Suzuki Jimny é T.T. e citadino de excelência!

Aqui na revista Todo Terreno, não temos dúvidas nem de uma coisa, nem de outra. O Suzuki Jimny é T.T. e citadino de excelência ao mesmo tempo. As aptidões para enfrentar as maiores dificuldades fora da estrada são incríveis. E como citadino, basta recordar as dimensões compactas, com ligeiramente menos de três metros e meio, se descontarmos a roda sobressalente, colocada no portão traseiro. A votação de 86 jornalistas de todo o mundo distinguiu o Jimny como o carro urbano de 2019!

O World Car Awards é ainda um troféu relativamente recente. Foi instituído em 2004. Mas ano após ano tem vindo a ganhar dimensão e, também, importância. Perfila-se como o único programa que premeia os automóveis a uma escala global. Os membros do júri são jornalistas especializados em automóveis. Este ano, a votação alargou-se a um total de 86 elementos, em representação de duas dúzias de países.

Portugal também está incluido no World Car Awards. O júri nacional é o nosso colega Guilherme Costa, director editorial e co-fundador do site Razão Automóvel. Foi convidado a integrar este plantel há dois anos. E, obviamente, acompanhou todo o processo que levou à eleição do novo Suzuki Jimny como “World Urban Car 2019”.

Prémio da Suzuki anunciado em Nova Iorque

Suzuki e a taça
O troféu correspondente ao “World Urban Car 2019” foi entregue em Nova Iorque. Toshihiro Suzuki, Presidente da Suzuki Motor Corporation, foi recebê-lo à cidade que nunca dorme

Nos últimos três anos, a Suzuki registou sempre nomeações para o prémio que designa o melhor automóvel citadino. O primeiro a figurar na lista dos finalistas para o “World Urban Car” foi o Ignis. Depois, seguiu-se o novo Swift, que também chegou à lista mais restrita. E agora coube ao Jimny voltar a ser escolhido como um dos três modelos finalistas. E a votação elegeu o pequeno todo terreno da Suzuki como…melhor carro de cidade!

Com tracção integral, redutoras e um conjunto de ângulos de desempenho impressionantes (de 37/28/49 graus, de ataque, ângulo ventral e de saída), o Jimny merecia era ser o T.T. do ano. O mais curioso é que nem em Portugal, onde o Troféu Carro do Ano/Volante de Cristal, elege esta categoria, o prémio foi atribuído ao Jimny…

Caro, mas competente como já é raro num modelo de produção actual, o Suzuki Jimny está a ser um absoluto sucesso para a marca, em todo o mundo. Na Europa, as dificuldades de entrega são enormes e fazem do Jimny um pesadelo para os vendedores da marca. Porque o Jimny tornou-se num fenómeno de atracção aos concessionários, mas também de desilusão: muitos dos interessados desanimam quando lhes falam em seis meses de espera.

O prazo de entrega dilatado é também uma realidade em Portugal. E não anda longe dos mesmos seis meses. E como as unidades previstas chegar ao nosso país são poucas, os concessionários têm múltiplos possíveis compradores para cada Jimny. E a lista continua a não parar de crescer…

Comentar

Navigate