Land Rover reavalia novo Defender

Já se passaram mais de três anos sobre o final da produção do Defender e o novo modelo continua por revelar. E assim vai continuar por mais algum tempo. São conhecidas as dificuldades que o grupo JaguarLandRover está a atravessar e é nos momentos de crise que tudo é normalmente posto em causa. Acontece isso mesmo com o projecto do novo Defender, que está a ser reavaliado e promete enormes surpresas!

O modelo mais icónico da Land Rover, que ainda hoje simboliza a marca de Solihull, está a revelar-se um caso difícil de resolver para os responsáveis pela companhia. Quando a última unidade rolou pela linha de montagem, no final de Janeiro de 2016, a ideia era que num par de anos os clientes da marca estivessem a descobrir o sucessor do modelo original. Já se passaram mais de três anos e ainda não é certo o lançamento do próximo Defender.

É certo que ultimamente têm sido mostradas pela própria marca imagens de protótipos rolantes, totalmente camuflados, em sessões de ensaios de longa duração, algures nos quatro cantos do mundo. O único protótipo não camuflado que alguma vez pôde ser apreciado em público foi visto no Algarve, há cerca de um ano, no decurso de uma sessão de apresentação do Jaguar I-Pace e Range Rover PHEV aos representantes de concessionários de todo o mundo. Nesta sessão, que teve lugar nos arredores de Portimão, no Autódromo do Algarve, o novo Defender foi mostrado de forma surpreendente: a meio de um jantar ao ar livre, de repetente a plataforma de uma enorme fogueira no chão eleva-se e numa segunda plataforma que estava oculta surge um veículo com a aparência de um todo-o-terreno “puro e duro”.

Revelado em Portimão, mas só gravado com os olhos

Os telefones e todos os aparelhos susceptíveis de poder gravar imagens tinham sido previamente recolhidos antes dos convidados terem acedido a este jantar, um enorme churrasco. Daí que ninguém pôde registar senão na memória o que viu nesse final de tarde. E quando no final deste ano voltarem a ver o novo Defender, que se prevê chegar ao mercado em 2020, irão encontrar um modelo que não será propriamente coincidente com o “show-car” exibido em Portimão.

Nunca a Land Rover tinha encontrado tantas dificuldades em substituir um dos seus modelos, como agora está a suceder para a substituição do Defender. Reavaliado múltiplas vezes desde que começou a ser estudado, este ficará para a história da Land Rover como o veículo que mais tempo demorou a passar dos gabinetes de projecto até à linha de montagem. Os dedos das duas mãos não chegam para contar esses anos…

O último Defender produzido
O momento em que o último Defender produzido deixou a linha de montagem a 29 de Janeiro de 2016. Uma imagem assim não voltará a acontecer. O novo modelo será muito diferente e esta fábrica onde era produzido, em Solihull, já não existe

Sabe-se desde há algum tempo que o novo Defender começará por ser produzido na nova fábrica do grupo na Eslovénia. E há igualmente planos para que possa igualmente ser fabricado no Brasil, na unidade construída há alguns anos no Estado do Rio de Janeiro, assim como na China. Mas quem adiantar muito mais do que isto que aqui contamos, estará seguramente a aproveitar o dia 1 de Abril para dar largas à imaginação, sem que alguém possa levar a mal…

Texto: Alexandre Correia Fotos: D.R.

Comentar

Navigate