A paixão pelas corridas anima-se além da fronteira

A paixão pelas corridas anima-se além da fronteira. Hoje chega-nos um exemplo que vem de Espanha, do coração da Andaluzia. É em Granada que está baseada o MC Rally Offroad Team 4×4. Sergio Moreno e Juan Pedro Camino estrearam este ano uma Nissan Navara e sonham conseguir apoios para disputarem uma corrida em Portugal…

Têm ambos 34 anos de idade. E além de amigos próximos, são parentes. Cunhados. Sergio e Juan Pedro começaram a competir, desde logo juntos, em 2017. E não podia ter pedido muito melhor na época da estreia. Disputaram o Campeonato de Espanha de Regularidade e conseguiram terminar no lugar lugar absoluto!

O ano passado, esta dupla escolheu uma nova categoria e sagram-se Campeões de Espanha em Open Velocidade. Este sucesso animou-os a ir mais longe. Na mira tinham o Campeonato de Espanha de Todo Terreno, que tem um calendário semelhante ao português.

Há que perseguir os sonhos de criança…

Mc Rally Offroad 5
A paixão pelas corridas de todo terreno eram um sonho de criança que Sergio Moreno, em segundo plano, nunca deixou de perseguir. E arrastou consigo o cunhado, Juan Pedro Camino, que aqui vemos em primeiro plano, junto da Nissan Navara que estrearam este ano

Sergio Moreno conta que desde criança que sonha com o todo terreno. E não descansou enquanto não pôde materializar esse sonho. Isso aconteceu já este ano de uma forma especial. Com a estreia de um novo veículo. A escolha recaiu numa pick-up Nissan Navara.

Já Juan Pedro Camino, antes de tornar-se navegador de Moreno, foi piloto. Correu em karting. E o gosto especial pelos ralis levou-o a integrar o papel de organizador, colaborando na realização de ralis nacionais. Daí a sentar-se ao lado do seu cunhado foi apenas um passo.

Nesta terceira temporada juntos, agora que o sonho é cada vez mais uma realidade, têm os pés bem assentes do chão. Além da Nissan Navara não ser o veículo mais competitivo do parque do CETT, há que rolar pelas seis provas e conhecê-las bem.

Estreia atribulada faz parte da aprendizagem

MC Rally Offroad 3
A Nissan Navara de Moreno e Camino em plena acção na prova de estreia

Para começar a época, Sergio Moreno e Juan Pedro Caminho desceram de Granada até ao sul da Andazia. A prova inaugural, a Baja Almanzora, quase o fez sentir-se a correr em casa. Quase, porque na província de Almeria, onde este centrado o percurso, encontraram novos cenários.

Alinhando com o nº 25 nas portas, na Nissan Navara de Moreno e Camino foi a 25ª mais rápida no prólogo. Como se isso obedecesse a um ritual. No primeiro dos cinco sectores selectivos, começaram a melhorar posições. E já seguiam animados no 20º posto quando surgiram os primeiros problemas.

A areia foi um dos maiores. Caminho conta que ficaram enterrados numa passagem de piso tão fino, pior que areia. E quando saiu do carro para ver o que se passava, ficou enterrado até aos joelhos! Claro que perderam algum tempo até conseguirem prosseguir.

Perdendo uma posição com o atascanso, sofreram ainda um susto bem maior. Foi quando viram sair faíscas do capot. Ainda pensaram que o carro ia arder. Mas antes de fugirem, tiveram coragem de abrir o capot. Acabaram por descobrir que a bateria estava meio solta e a provocar um curto-circuito. Daí as faíscas assustadoras…

Os problemas nem sempre são evitáveis

Mc Rally Offroad 2
Um problema com a direcção fez Sergio Moreno e Juan Pedro Camino desistir nesta primeira prova. A demonstrar que nem sempre os problemas são evitáveis…

Os cuidados dos dois elementos da equipa de assistência foram determinantes face aos primeiros problemas. José António Barros e Pepe Arana, são a dupla que nos bastidores zela por esta equipa.

Barros é um especialista em chapa, o que não quer dizer que Moreno espere precisar destes cuidados. Bater não está nos planos de nenhum piloto, mesmo que por vezes surjam problemas que não são evitáveis. Quanto a Arana, é um puro mecânico de automóveis. É ele quem prepara a mecânica da Nissan.

E o MC Rally Offroad Team 4×4 conta ainda com um quinto elemento. É Marta Martín, que se encarrega das relações públicas, ou não fosse o marketing e a publicidade a sua área. Marta empenha-se em promover a sua equipa. Antes de partirem para Mojácar, onde se realizou a prova de estreia, foi Marta a estrela da equipa: a organização de uma grande festa de apresentação fez juntar amigos, patrocinadores e aficionados. Todos movidos pela paixão pelas corridas!

Numa equipa, o entusiasmo é fundamental!

As festas são momentos fundamentais para incrementar o entusiasmo. Que é o que não falta nesta equipa, que chegou ao nosso contacto com um pedido irrecusável: que falássemos dos seus projectos e os ajudássemos, com isso, a obter apoios para que possam descobrir também as provas portuguesas.

Há duas que estão na mira desta dupla andaluza. A Baja de Reguengos de Monsaraz, até porque integra um troféu transfronteiriço, e a Baja Portalegre, pelo seu historial. Enquanto isso não acontece, não podemos deixar de homenagear desde já todos os patrocinadores desta equipa.

E adiantamos que na estreia renunciaram já bem perto do final, devido a um problema com a direcção. Mas antes que a Nissan precisasse de ir aos cuidados de bate-chapas de José António Barros…

Patrocinadores de Mc Rally Offroad
Os patrocinadores do Mc Rally Offraod Team 4×4. Sem estes apoios, Moreno e Camino ainda andavam apenas a sonhar em alimentar a paixão pelas corridas

Texto: Alexandre Correia

Fotos: MC Rally Offroad Team 4×4/D.R.

Comentar

Navigate